terça-feira, 27 de março de 2012

David Canabarro e Chico Anísio


                                                           João Luza e Graciema M Luza (na Janela)
                                                                                                              1946


David Canabarro , herói gaúcho da Revolução Farroupilha, recebeu,em sua homenagem, o nome de uma simpática cidadezinha no interior do Rio Grande do Sul.  Situada próxima de Passo Fundo, a cidade chama a atenção pela sua organização, sua limpeza e principalmente por seu povo acolhedor. A cordialidade do prefeito e de seu vice é marcante.
Foi este local escolhido para o Quarto Encontro da Família Lusa, que com o decorrer dos anos derivou os sobrenomes Luza, Luzza e Lussa. O evento teve a coordenação de componentes da família Lusa da cidade de Ciríaco, próxima de David.
Foi, sem dúvida, um dia marcante, diferente e emocionante, no sentido de conhecermos um pouco mais da história dos nossos heróicos antecessores e mesmo a troca de idéias com pessoas mais vividas da nossa família.
Chico Anísio, que dispensa apresentação, entrou nesta história devido a sua ligação com a cidade de David Canabarro, já que sua esposa, agora viúva, nasceu na referida cidade e onde ainda vive sua família.
Já no início do encontro rezamos pelos Lusas e por Chico Anísio.
Que venham os próximos encontros, começando pelo de Tapejara em 2014.
                                                                                                             
                                                                            VNLUZA

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

IV Encontro da família Lusa


4º encontro da família: Lusa, Lussa, Luza, Luzza

Será no dia: 25 de março de 2012.

       
        Venho por meio deste cumprimentar a todos e reforçar o convite para participarem do 4° encontro, que será no dia: 25 de março de 2012, este será promovido pela cidade de Ciríaco – RS.

Prezados, para melhor comodidade a todos, a festa acontecerá no Salão Paroquial no município de David Canabarro-RS, à 8 Km deCiríaco, junto a RS 434 pavimentada.

Acontecerá na Rua: Pe. Germano Classen, 269 centro, neste local a Igreja Matriz fica à 50 metros, não havendo necessidades de deslocamento e movimentação de veículos já estacionados.

Está sendo organizado da melhor maneira possível, para que todos sejam bem recebidos e fiquem com orgulho de ter participado desse encontro.

Ficarei aguardando a resposta deste e-mail para confirmar que foi recebido.

Um abraço a todos!

Luis Lusa – Coordenador Geral do Encontro
Tel/fax:             (54)3346-1341       – Celular:             (54)9173-2332      

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Poeminha de NATAL



Poeminha de Natal(Oriza Martins)
Desde os tempos mais remotos
Diziam as profecias
Que viria a este mundo
O esperado Messias.

Num pequeno povoado,
Lá longe, no Oriente,
Por um anjo anunciado
Ele estaria com a gente.

jovem abençoada,
Que se chamava Maria
Foi então a escolhida
Pra nos dar essa alegria.

Fruto do amor divino,
Nasceu num rastro de luz
Esse lindo Deus-menino
A quem se chamou Jesus.

Ele veio pra mostrar
O Seu exemplo ao mundo:
Da humildade, do perdão
E do amor mais profundo.

Nesta época de Natal
Vamos celebrar bastante,
Mas nos lembrarmos primeiro
Do Aniversariante!
Quem nos guia, nos conduz...
Parabéns, Menino Jesus!!



quinta-feira, 15 de setembro de 2011







                                                          Brasão da família




                                                       Castel Lusa /Feltre/Belluno/Ítalia

terça-feira, 6 de setembro de 2011



"Não é benéfico ajudar um amigo colocando moedas em seus bolsos quando existem buracos neles."


Douglas Hurd, novelista inglês.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Balonista perdido


Balonista perdido




Um engenheiro caminhava por uma estrada, quando percebe um balão voando baixo.
O balonista lhe acena desesperadamente, consegue fazer o balão baixar ao máximo possível e grita:

- Pode me ajudar? Prometi a um amigo que me encontraria com ele às 2 horas da tarde, mas já são
quatro horas e nem sei onde estou. Poderia me dizer onde me encontro?

O homem da estrada responde: - Sim! Você se encontra flutuando a uns cinco metros acima da estrada,   e está a 33 graus de latitude sul e
51 graus de longitude oeste.

O balonista escuta e pergunta, com sorriso irônico: - Você é engenheiro?

- Sim, senhor! Como descobriu?

- Simples! O que você me disse está tecnicamente correto, porém sua informação me é inútil e continuo perdido! Será que consegue uma
resposta  mais satisfatória?

O engenheiro raciocina por segundos e depois afirma ao balonista.
- E você é petista!

- Sim, sou filiado ao PT! Como descobriu?

- Fácil!

Veja só; você subiu, sem ter a mínima noção de orientação!
Não sabe o que fazer, onde está e tampouco para onde ir!
Fez promessa e não tem  a menor idéia de como conseguirá cumpri-la!
Espera que outra pessoa resolva o seu problema, continua perdido e acha que a culpa do seu problema passou a  ser minha!
É petista nato !!!

segunda-feira, 4 de julho de 2011




"IDÉIAS SÃO COMO PULGAS.SALTAM DE UNS PARA OUTROS,MAS NEM TODOS MORDEM."
                                                                                                                        Bernard Shaw

sábado, 25 de junho de 2011



Quem conhece a sua ignorância
revela a mais profunda sapiência.
Quem ignora a sua ignorância
vive na mais profunda ilusâo.
Lao Tse



sexta-feira, 24 de junho de 2011

A CHUVA PASSOU?





   Não vi o acontecido, mas conheci o autor da proeza.
   Em uma estradinha de chão no interior, onde eu morava quando pequeno, era comum pedir carona à aqueles poucos que possuíam veículos.
   Certo dia o senhor, do caso, pediu carona para uma camionete que ia em direção a sua casa:
-Pode embarcar, mas terá que ir em cima, a cabine esta lotada, e mais, estou levando um caixão para um vizinho que faleceu esta tarde.
-Por mim tudo bem.
   Pouco depois principiou uma chuva, além de ser noite, e o caroneiro não pensou duas vezes, para não se molhar entrou dentro do caixão,deixando uma pequena fresta para respirar.
   Logo adiante, dois outros caboclos também pediram carona,quando subiram na carroceria,ficaram com um pé atrás ao verem o caixão.
   Imaginem o tremendo susto quando o caixão se abriu e foram interpelados;
-A chuva passou?
   Não tiveram dúvida, pularam longe.
   Sorte que o carro ainda estava parado.